Sobre

APRESENTAÇÃO

O primeiro Simpósio do IFPR de Tecnologia, Inovação, Educação e Software Livre – I SITIES, é mais um passo do Instituto Federal do Paraná em direção à excelência na qualidade de ensino através da “aplicação de tecnologia e novas práticas na escola, utilizando software livre”, tema deste evento.

O SITIES é um evento colaborativo e gratuito. Conta com a ajuda de diversos professores, técnicos e profissionais ligados à área de Informática e também conta com o apoio de vários órgãos, entidades e instituições na construção deste evento compondo a comissão de organização, comissão científica e grupo de palestrantes.

O Simpósio apóia e incentiva o desenvolvimento, pesquisa, aplicação e Inovação da área de Tecnologia e Informática utilizando ferramentas cuja filosofia seja Software Livre. O evento nasceu da idéia de que o conhecimento só possui sentido se aplicado para o bem da sociedade. Além deste motivador, também chegou-se à conclusão de que a Escola é um ambiente real e desafiador que oferece várias situações em que pode ser aplicada a inovação em tecnologia e informática.

A partir desta forma de trabalho, espera-se favorecer:

  • o conhecimento e experiência dos participantes;
  • troca de experiências entre todos participantes e palestrantes
  • aplicação de novas práticas com Software Livre

Os temas a serem abordados no I SITIES serão:

  • Sistemas Operacionais
  • Redes de Computadores
  • Design e Web Design
  • Ensino/Aprendizagem com Software Livre
  • Produtividade com Software Livre
  • Segurança em redes sem fio
  • Formato de documentos abertos
  • Programação e desenvolvimento de sistemas
  • Desenvolvimento de Jogos

JUSTIFICATIVA

Além do software livre incentivado pelo Governo Federal, é nosso dever como Instituição adotar sua utilização dentro da escola, para o desenvolvimento e progresso de nosso País, cumprindo nosso nosso papel de cidadãos Brasileiros.

Com mais essa tecnologia sendo adotada, aumentam-se os desafios de todos: técnicos e docentes. É preciso um ponto de encontro entre estudantes, professores, profissionais e todos ligados a esta área, para que discutam e debatam a utilização não somente de software livre, mas também a adoção de novas práticas com estes softwares dentro das Escolas.

Indo de encontro a esta ideia, os professores de informática do IFPR, com a parceria e apoio dos professores da UNIPAR, pensaram em realizar este Evento. O intuito do SITIES é trazer os conhecimentos e experiências de vários profissionais e professores de informática para apresentarem à comunidade novas tecnologias, inovação, educação, software livre e suas intersecções.

Sabemos que a adoção de Software Livre possui poucos anos de vida e ainda muitas tarefas de TI são feitas isoladamente em cada Escola, beneficiando somente uma ou outra unidade. Já é tempo de nos reunirmos para trocar as experiências que deram certo ou até mesmo errado, para que unifiquemos esta área de tecnologia dentro das Instituições e que sejam mostradas para os participantes ideias e aplicações para este desafio.

Assim poderemos motivar, capacitar e nivelar o conhecimento de todos os envolvidos, desde os estudantes de nossa Instituição até os professores desta área. Desta forma todos saem ganhando: Instituições, professores, profissionais, estudantes e consequentemente a sociedade. Este evento se justifica por promover aos interessados um intercâmbio e troca de experiência na área de T.I. entre todos envolvidos.

MOTIVAÇÃO

Por que software livre na escola? Muito se fala sobre software livre e suas ferramentas. Muitos estudos sobre melhores formas de adoção e aplicação do software livre para produtividade, segurança, monitoramento, controle, desenvolvimento de jogos, entre outros. Quando se fala em software livre para escolas, isso nos leva a pensar em softwares didáticos, ou seja, softwares para serem utilizados diretamente no ensino/aprendizagem, muitas vezes como ferramentas dentro de sala de aula.

Mas na escola temos um ambiente mais que suficiente para aplicação de novas práticas em tecnologia e inovação. Recursos limitados, controle de recursos, permissão de acesso, entre outros, são problemas que se agravam em instituições multicampi onde é distribuída a gestão e organização.

O que nos motiva na organização deste evento são as várias perguntas sobre software livre a respeito das diversas esferas que existem dentro da escola:

  • Posso fazer a gestão administrativa da escola com software livre?
  • Como faço a gestão pedagógica com software livre?
  • Como faço tarefas de manutenção e backup de micros dos laboratórios e administrativos?
  • Como unifico o controle de acesso à rede de diferentes tipos de computadores dentro de laboratórios e administrativos?
  • Estudantes com seu laptop têm direito ao acesso sem fio (wi-fi) dentro da escola em horários permitidos? É possível o estudante poder levar seu notebook para sala de aula? Como controlar este acesso? Como fornecer segurança para ele e para a instituição?
  • Como a equipe de T.I. irá fazer para compartilhar espaços de armazenamento garantindo segurança entre os diversos grupos de alunos, técnicos e professores?
  • Quais ferramentas existem em software livre para o professor trabalhar conceitos com estudantes dentro de sala de aula?
  • como faço a gestão dos livros e da biblioteca com software livre?
  • Como pesquisar, instalar, configurar e manter alguma solução com software livre?
  • Será que é possível unificar o cadastro de todos os envolvivos em um único lugar?
  • Como seria possível, a partir de um mesmo cadastro, que estudantes, professores, técnicos, diretores e coordenadores possam retirar livros, lançar notas, controlar o acesso sem fio, controlar a banda de download da rede, imprimir um número pré-determinado de cópias, entre outras ações?

Todas estas e muitas outras perguntas acima foram o principal motivo da criação deste primeiro Simpósio de Tecnologia, Inovação, Educação e Software Livre, cujo tema desta edição é “aplicação de tecnologia e novas práticas na escola, utilizando software livre”.

Desta forma, ao voltarmos as soluções, o estudo e o foco para a Escola, conseguimos um ambiente real de testes e operação, importantíssimo para os estudantes, profissionais, professores e envolvidos com este tema.

MOTIVADORES

  • Conhecimento só tem sentido se aplicado para o desenvolvimento da sociedade;
  • Promover qualidade e excelência de ensino para os estudantes deste tema;
  • Caminhar ao lado do Governo Federal e políticas públicas na adoção de Software Livre;
  • Contribuir e colaborar para alcançar as metas de diretrizes do IFPR;
  • Promover um espaço dentro do IFPR para troca de idéias, apresentação de resultados, práticas e experiências entre professores e estudantes;
  • Promover um encontro estadual no Noroeste do Paraná, trazendo para a região palestrantes de alto nível de conhecimento;
  • Estimular a produção científica;
  • Utilização da Escola como um ambiente para busca e aplicação de novas práticas e soluções.

OBJETIVOS

O objetivo geral desta proposta é prover ao participante um contato mais próximo com software livre, tecnologia, inovação e educação, além de mostrar o universo de T.I. e Software Livre que existe na era digital em que nos encontramos.

Ainda como meta, o I SITIES prevê a apresentação de ferramentas e idéias sobre software livre para que auxilie a integração de tecnologias, a pesquisa e desenvolvimento dentro do mercado de tecnologia, computação, inovação, educação e outros. Este evento é de vital importância para a padronização das tecnologias utilizadas dentro da Escola e também para a descoberta de melhores práticas nesta área.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • apresentar trabalhos, palestras, oficinas, e minicursos que envolvam o tema deste evento: tecnologia, inovação, educação e software livre;
  • trocar experiências e vivência dentro do tema do simpósio;
  • integrar todos participantes e repassar tecnologia;
  • motivar e facilitar o debate sobre utilização de tecnologias livres;
  • discutir a aplicação conhecimentos na área de T.I para infraestrutura de escolas;
  • promover a discussão e a aplicação de conhecimentos sobre a filosofia de software livre em sala de aula;
  • promover o debate de idéias entre especialistas sobre novos paradigmas;
  • amadurecer o pensamento em relação ao movimento de software livre no país e no mundo;
  • oferecer aprendizado prático através de oficinas e/ou minicursos;
  • auxiliar outros estudantes e a sociedade em geral quanto à utilização de ferramentas de software livre;
  • difundir o ideal e a filosofia do software livre.